ICQ usa Phoenix Down e renasce

Clique na imagem e baixe o novo ICQ.

Em primeiro lugar, galera: HAPPY NEW YEAR! Sei que andei hibernando ultimamente, e só resolvo aparecer quando faltam 15 dias para o fim das férias, ou seja, o blog vai continuar com aquelas atualizações esporádicas…

Mas isso eu tinha que comentar de todo jeito: o retorno das cinzas do ICQ! Confiram após o pulo!

Láááááá no longínquo ano de 1996, quando computador no Brasil ainda era artigo de luxo, ninguém conhecia a Internet, a AOL não era uma empresa gigante, o UOL se chamava Universo Online, não tinha Orkut nem Twitter, o MSN (o portal, não o Messenger) engatinhava (AIM? Nope), o Netscape Navigator era o browser líder de mercado absoluto (o IE 3.0 surgiu nesse mesmo ano) e todo mundo rodava Windows 95,  quatro jovens israelenses fundaram uma empresa (a Mirabilis) e desenvolveram um programinha que fez a cabeça da galera, pois cumpria a tarefa de mandar mensagens instantâneas com rapidez e precisão: era o ICQ. O nome é um acrônimo feito com base na pronúncia das letras em inglês, I seek you, ou Eu procuro você em português.

Se você hoje tem MSN, Twitter, MySpace, Orkut, Facebook e o escambau, acenda quatro velas para Yair Goldfinger, Arik Vardi, Sefi Vigiser e Amnon Amir, os pais do ICQ. Tudo o que veio depois e a própria ascenção das redes sociais se deve a essa coisinha feia aí.

Pois bem: 13 anos após a primeira versão, a Mirabilis, que desde 1998 pertence à AOL, lançou a versão mais nova do primeiro messenger popular, o ICQ7. Pelo que andei vendo, ele agora é um messenger similar aos concorrentes, e se integra com o Twitter, Orkut e Facebook, além do YouTube, Flickr, Del.icio.us e Digg, entre outros.

O único porém é que o ICQ ainda se comporta como antigamente: ele é acessado através do famoso “ICQ Number”, o que eu acho uma perda de tempo hoje em dia. Não seria muito mais fácil criar uma contra atrelada a um e-mail? Será que usuários antigos conseguirão acessar com seus números originais ou terão que criar novas contas?

E sabem da última? A AOL pode colocar a Mirabilis a venda, e possíveis compradores seriam a Google ou o Skype!

E você, o que acha? Você é usuário antigo do ICQ e vai voltar a usá-lo? Você nunca ouviu falar dele e está curioso? Você acha que o ICQ deveria continuar nos anos 90? Deixe sua opinião aí nos comentários!

1 Response to “ICQ usa Phoenix Down e renasce”


  1. 1 Marcia Maria Magalhães Masullo abril 4, 2012 às 8:27 pm

    eu conectei um rotiador no meu computador para usar o netbook, mais no netbook aparece que tem um cabo desconectado não consigo resolver , pode me ajudar


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Ficha Técnica

It's me!
Ronaldo de Souza Gogoni, AKA Cyber Ramses

30 anos, São Paulo - SP - Brasil

Tecnólogo, comerciário, FATECano, blogueiro, twitteiro e nerd to the bone!!!

Análise e Desenvolvimento de Sistemas - 4º semestre
Faculdade de Tecnologia de São Paulo - FATEC-SP

Quem já espiou:

  • 406,388 visitantes
Eu também estou no Twitter!

Sigam-me os bons!

Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Categorias

Arquivos

Calendário

janeiro 2010
D S T Q Q S S
« dez   maio »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

%d blogueiros gostam disto: