Novidades Apple e Microsoft: mais lenha na fogueira

Nas últimas semanas, chegaram várias informações acerca das novidades envolvendo as eternas rivais Apple e Microsoft. Vamos à elas:

Novos MacBooks e algo estranho no ar…

No último dia 14, a Apple revelou na MacBook 2008 sua nova linha de notebooks. O evento começa com Steve Jobs e Tim Cook falando sobre o crescimento da Apple bem acima do mercado nos últimos tempos. Cook explica as razões do crescimento da Apple:

Nem gostam de alfinetar, hein? Cook disse educadamente que o Vista ter sido relacionado como uma das causas do boom da Apple é pelo fato de que “o Vista não alcançou tudo o que a Microsoft pretendia”.

Esse não foi o único slide citando o Vista, este outro mostra um gráfico, com o crescimento da Apple bem acima do mercado geral:

Note que o crescimento se deu principalmente devido à transição para processadores Intel, mas houve um ligeiro crescimento após o lançamento do Windows Vista. Pobre Ballmer…

Depois, Jon Ive, chefe do departamento de design da Apple, subiu ao palco para explicar como estão fazendo para adaptar o estilo à demanda, e como fizeram para espremer todos os componentes em uma diminuta carcaça de alumínio:

O corpo é uma peça única, trabalhada desde um bloco inicial de 1,13 Kg. até o peso final de apenas 226 gramas! Levíssimo! O case foi passado para a platéia sentir (ou não) o peso.

Jobs retorna e fala sobre a nova placa de vídeo, a NVIDIA GeForce 9400M,  com uma capacidade de processamento gráfico de até 5x mais que o padrão atual, e sobre o novo trackpad, totalmente em vidro,  39% maior e novamente dispensa botões; além disso ele reconhece até 4 dedos ao mesmo tempo, dando mais funcionalidade: Jobs fez uma demonstração, usando quatro dedos e abrindo o Exposé.. teve appletard que deve ter entrado em êxtase nessa hora…

Depois de destrinchar os notes, Jobs finalmente apresentou o novo MacBook Pro:

Com uma tela de vidro e todos os conectores do mesmo lado, o MacBook Pro virá em duas versões: uma com a NVIDIA GeForce 9600M GT e uma placa NVIDIA 9400 integrada, e outra com com duas placas 9400. A bateria dura 4 horas com a primeira configuração, e 5 com a segunda.

Tudo muito bonito, até chegar no ponto que interessa: o preço. O modelo com tela de 15.4”, processador Intel Core 2 Duo de 2.4GHz, 2GB de RAM DDR3, placa NVIDIA 9400 e 9600 por US$ 1999 (lá fora). O outro modelo tem processador mais potente com cachê duplo, 4GB de RAM e um HD de 320GB, e sai por US$ 2499 no exterior. Com o preço atual do dólar, fica difícil…

O Air também recebeu upgrade: ganhou uma GeForce 9400, um HD de 120GB ou um SSD de 128GB, além da porta mini display. O modelo com HD sai por US$ 1799 (lá fora), e o modelo com SSD tem um processador de 1.86 GHz e deve custar US$ 2.499.

Os monitores não foram esquecidos: Jobs apresenta agora o novo monitor Cinema Display, o primeiro com iluminação LED-backlit. Ele tem um cabo com três conectores, um MagSafe para carregar seu notebook, uma porta USB e a porta de vídeo. Ele tem caixas de som estéreo, uma resolução de 1920 x 1200 pixels, e deve ser vendido a partir de novembro por US$ 899 no exterior.

O “one more thing” de Jobs foi o MacBook, o Mac mais vendido da história. Agora o modelo clássico custará $999, e ganhou uma nova versão:

O MacBook ganhou um novo design, o mesmo do MacBook Pro, mas com uma tela menor. Ele tem case de alumínio, placa gráfica NVIDIA 9400 e monitor LED-backlit, além do trackpad de vidro e as 5 horas de duração da bateria. Também com 2 modelos, e com preços de US$ 1299 a US$ 1599, com até 4GB de RAM, HD de 320GB e teclado com iluminação.

No fim, o último slide mostrou a pressão arterial de Jobs, atestando que ele está muito bem, obrigado:

Mas o “algo estranho” que mencionei se deve ao fato que lentamente, Jobs prepara sua saída da Apple e sua eventual aposentadoria. Um detalhe de que esse dia se aproxima é que Cook e Jobs estavam usando roupas semelhantes: jeans surrado e camisa preta, meio que uma marca de Jobs:

O evento foi como uma peça, onde ele contou que a Apple é mais do que ele. Logo no início, quando Cook ia falar, Jobs disse:

“Ei, vejam, a Apple é mais do que o Steve. Esses são os caras, os bons companheiros. Eles compartilham da mesma visão que a minha. E eles levarão a empresa adiante quando eu trocar minha cadeira no escritório por uma rede e caipirinhas em minha praia particular no Havaí”.

É inevitável que Jobs saia… talvez não hoje, mas um dia. Uns dizem que é por seu estado de saúde (recentemente Jobs se submeteu a uma cirurgia para extrair um tipo de câncer raro do pâncreas), outros para curtir a aposentadoria, outros ainda por Bill Gates não estar mais à frente da Microsoft, com quem travou uma guerra durante anos, e não ter mais um rival à altura (Ballmer quem?) o teria desmotivado… ningúem nunca saberá, somente o próprio Jobs. Mas é fato que ele e Steve Wozniak criaram uma empresa do zero que dita tendências que todos seguem e copiam, até a Microsoft. Afinal, bem lá no início, Gates desenvolvia softwares para a Apple!

Enquanto isso, do outro lado do Rubicão…

Já na Microsoft, as notícias são mais escassas… primeiramente, foi confirmado que o nome do próximo SO da empresa se chamará mesmo Windows 7. Segundo Mike Nash, gerente de produto Windows, a decisão pelo nome se deve “à simplicidade”. Segundo ele, faz sentido, já que será a sétima versão do sistema (vem cá, até o 2000, o que veio antes eram mesmo SOs?).

Nash disse que ao longo dos anos, foram usados números (2.0, 3.1 e 3.11), datas (95, 98 e 2000) e nomes conceituais (XP e Vista… o Me não é um SO, pelo amor de Deus!). Como a empresa não lança um novo sistema a cada ano, não faria sentido usar datas. E como a intenção é continuar a desenvolver o Vista, também não haveria sentido em criar um novo conceito. Assim, o provisório “Windows 7” torna-se oficial.

Tudo o que se sabe até o presente momento é que a tecnologia do Windows 7 permitirá suporte à telas multitouch, o que a longo prazo, poderia aposentar o mouse. O código-base do Vista será mantido; o  CEO da Microsoft, Steve Ballmer, disse que o 7 é “o Vista, só que melhor”.

Ballmer também deu pistas de que a Microsoft espera garantir suporte aos processadores multicore da Intel, a fim de utilizar todo seu potencial.

Sobre o “Cloud Computing”, novo conceito da informática em que não só arquivos e documentos, mas os próprios programas ficariam na internet (no PC ficaria instalado só o SO), Ballmer disse que a Microsoft está desenvolvendo um SO voltado para esse fim há pelo menos três anos.  Ele disse também que o intuito não é monopolizar  a infra-estrutura, a fim de disseminar o conceito pelo mundo, mas “criar condições para que nossos clientes e parceiros possam oferecer serviços ‘na nuvem'”.

Sobre o nome, Ballmer brincou, dizendo que a Microsoft vai provavelmente chamá-lo de “Windows-qualquer-coisa”. “Por hoje, o chamemos de Windows Cloud”.

Novas informações sobre o Windows 7 serão reveladas no próximo dia 27, na Professional Developers Conference, em Los Angeles, onde será apresentado o Pré-Beta do SO. Quanto à data de lançamento, nada confirmado, mas especula-se que será entre fim de 2009 e início de 2010.

Agora, se você não quer gastar muito (ou nada) para ter um SO de qualidade:

0 Responses to “Novidades Apple e Microsoft: mais lenha na fogueira”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Ficha Técnica

It's me!
Ronaldo de Souza Gogoni, AKA Cyber Ramses

30 anos, São Paulo - SP - Brasil

Tecnólogo, comerciário, FATECano, blogueiro, twitteiro e nerd to the bone!!!

Análise e Desenvolvimento de Sistemas - 4º semestre
Faculdade de Tecnologia de São Paulo - FATEC-SP

Quem já espiou:

  • 406,388 visitantes
Eu também estou no Twitter!

Sigam-me os bons!

Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Categorias

Arquivos

Calendário

outubro 2008
D S T Q Q S S
« set   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

%d blogueiros gostam disto: